Crisântemos: Como Cuidar desta Planta de Flore Intensas

crisântemos

Os Crisântemos são plantas perenes com cultivo anual e têm cerca de 200 espécies e muitos híbridos, como resultado diferem em tamanho, forma, cor das flores e também, no período de floração.

Se plantada no jardim, desenvolve-se até cerca de 80 centímetros, contudo com o cultivo em vasos os Crisântemos crescem um pouco menos.

As flores são de várias cores, muito semelhantes às margaridas.

Fatos Interessantes sobre os Crisântemos:

  • Nome botânico: Chrysanthemum
  • Outros nomes: Crisântemo, Crisântemo-do-japão, Crisântemo-da-china, Monsenhor
  • Origem: Japão, Ásia, China
  • Família: Asteraceae
  • Luminosidade: sol pleno a parcialmente sombreado
  • Temperatura: 5° a 30° Celsius

Floração

A maioria das variedades floresce no outono ou no inverno, dependendo da região.

No entanto, existem alguns tipos de floração precoce, por exemplo os híbridos Superbum. Eles começam em julho e terminam em setembro.

Para garantir a beleza duradoura do Crisântemo com muitos botões fechados, após a compra, as plantas devem ser imediatamente transplantadas para um vaso maior e mais profundo usando solo para vasos de flores de alta qualidade.

As flores de crisântemo podem variar em forma, tamanho e cor dependendo da variedade da planta. As flores podem variar de dois a vinte centímetros de diâmetro, podem ter poucas ou muitas pétalas e além disso, as cores podem variar do branco ao vermelho

O crisântemo pode ser cultivado em pleno sol, mas tome cuidado se o verão for particularmente quente ou abafado.

A cobertura morta (com folhas secas ou palha) é recomendada para manter o solo úmido, que deve ser parcialmente argiloso para evitar a estagnação.

Cultivo dos Crisântemos em Vasos

Para o cultivo em vasos é necessário dispor um recipiente grande. Além disso, escolha um bom solo de mistura média que tenha uma camada de drenagem de argila expandida ou cascalho no fundo.

O replantio, uma vez que necessário, deve ser feito no final do inverno, em recipiente com diâmetro um pouco maior.

Para manter a umidade do solo é recomendável cobrir o substrato com folhas secas, palha ou casca de pinus.

Crisântemos cultivados em vasos podem decorar terraços e varandas. Contudo, apesar de ser uma planta para ambientes de sol, é aconselhável, após a compra fazer a adaptação ao poucos.

Eles gostam de áreas ventiladas e durante sua fase de desenvolvimento, preferem temperaturas entre 15 e 25°C.

Luz

Os crisântemos adoram sol pleno e florescem quando as horas de luz ficam mais curtas para dar lugar às horas de escuridão.

O crisântemo se adapta a todos os tipos de solo, úmido e fértil, mas prefere um solo com pH neutro ou levemente alcalino e com boa drenagem.

Rega

Ao regar o crisântemo é importante não molhar as folhas.

Esta planta precisa de muita água e se não chover deve ser regada diariamente. Desse modo, prefira períodos da manhã para permitir que as folhas e a base sequem bem.

Em qualquer caso, a frequência e a quantidade de rega devem ser reguladas de acordo com as temperaturas. A drenagem deve ser perfeita.

Fertilização

Use um produto de fertilização líquido com alto teor de potássio pois, dessa forma você estimula a floração.

Se a planta for mantida mesmo após a floração, deve ser fertilizada no final do verão, quando aparecem os novos botões.

Veja Também:

Hidroponia: Como Cultivar Suas Plantas na Água

Monstera Adansonii: Conheça Dicas Para sua Planta Crescer Mais Rápido

Gostou deste artigo sobre os Crisântemos? Então, compatilhe com alguém que gosta de plantas. Além disso, lembre-se de deixar um comentário contando quais flores você cultiva em casa.

4.9/5 - (7 votes)

Deixe um comentário