Crisântemos: Como Cuidar Desta Planta de Flores Intensas

Os Crisântemos são plantas com flores espetaculares que se dividem em mais de 200 espécies além de muitos híbridos. Você vai encontrar muita diversidade entre os cultivares, desde o tamanho da planta e das flores como também suas cores, formas além do período de floração.

Se plantada no jardim, desenvolve-se até cerca de 80 centímetros, contudo com o cultivo em vasos os Crisântemos crescem um pouco menos.

Algumas flores são muito semelhantes às populares margaridas. Veja a seguir todos os cuidados e conheça um pouco mais sobre a floração maravilhosa dos Crisântemos.

Sobre os Crisântemos

Os Crisântemos (Chrysanthemum) são originários do Japão, da Ásia e da China. Eles fazem parte da família Asteraceae, a mesma da charmosa Santolina e também das Dálias, ambas já mencionadas aqui no site anteriormente.

Crisântemo, Crisântemo-do-japão, Crisântemo-da-china e Monsenhor são alguns de seus nomes populares, porém de acordo com o cultivar ele recebe muitos outros. Algumas espécies inclusive já tiveram seu nome científico de Chrysanthemum modificado e incluídos em outros grupos. Como é o caso da Margarida-de-Paris que passou de Chrysanthemum frutescens para o nome botânico de Argyramthemum frutescens.

Floração

A maioria das variedades floresce no outono ou no inverno, dependendo da região de cultivo.

No entanto, existem alguns tipos de floração precoce, por exemplo, os híbridos Superbum. Eles começam a florir em julho e terminam em setembro.

Para garantir a beleza duradoura do Crisântemo, adquira a planta ainda com muitos botões fechados. Assim, após a compra, a planta deve ser imediatamente transplantada para um vaso maior e mais profundo usando substrato para vasos de flores de alta qualidade.

As flores de crisântemo podem variar em forma, tamanho e cor dependendo da variedade da planta. As flores podem variar de dois a vinte centímetros de diâmetro, podem ter poucas ou muitas pétalas e além disso, as cores podem variar do branco ao vermelho.

O crisântemo pode ser cultivado em pleno sol, mas tome cuidado se o verão for particularmente quente ou abafado.

A cobertura morta (com folhas secas ou palha) é recomendada para manter o solo úmido, que deve ser parcialmente argiloso para evitar a estagnação.

Luz e Temperatura

Os crisântemos adoram sol pleno e florescem quando as horas de luz ficam mais curtas para dar lugar às horas de escuridão.

Crisântemos cultivados em vasos podem decorar terraços e varandas pois eles precisam de luz solar ou meia-sombra para se desenvolverem. Contudo, apesar de ser uma planta para ambientes de sol, é aconselhável, após a compra, fazer a adaptação aos poucos.

Eles adoram áreas ventiladas e durante sua fase de desenvolvimento, preferem temperaturas entre 15 e 25°C.

Rega e Substrato

O crisântemo se adapta a todos os tipos de solo, desde que úmido e fértil, mas prefere um solo com pH neutro ou levemente alcalino e com boa drenagem.

Para o cultivo em vasos é necessário dispor de um recipiente grande e fundo. Além disso, escolha um bom solo de mistura média que tenha uma camada de drenagem de argila expandida ou cascalho no fundo.

O replantio, uma vez que necessário, deve ser feito no final do inverno, em recipiente com diâmetro um pouco maior, cerca de no máximo 2 números acima do atual.

Eles preferem o substrato sempre um pouco umedecido. Para ajudar a manter a umidade do solo por mais tempo é recomendável cobrir o substrato com folhas secas, palha ou casca de pinus.

Ao regar o crisântemo é importante não molhar as folhas. Esta planta precisa de muita água e se não chover deve ser regada diariamente. Desse modo, prefira períodos do início da manhã para permitir que as folhas e a base sequem bem.

Em qualquer caso, a frequência e a quantidade de rega devem ser reguladas de acordo com as temperaturas. A drenagem deve ser perfeita.

Adubo

Use um produto de fertilização líquido com alto teor de potássio pois, dessa forma você estimula a floração.

Se a planta for mantida mesmo após a floração, deve ser fertilizada no final do verão, quando aparecem os novos botões.

Veja Também:

Gostou deste artigo sobre os Crisântemos? Então, compatilhe com alguém que gosta de plantas. Além disso, lembre-se de deixar um comentário contando quais flores você cultiva em casa.

4.9/5 - (11 votes)

Deixe um comentário