Como Cultivar Louro Em Vasos E Como Fazer Mudas

como cultivar louro em vasos

O Louro é um arbusto grande com folhas deliciosamente aromáticas. Ele é utilizado amplamente na nossa culinária, e deixa pratos como os ensopados e os molhos com sabor muito agradável. Conheça abaixo dicas de como cultivar Louro em vasos e saiba também como fazer mudas.

Para quem nunca viu essa planta no solo, saiba que o Louro é um arbusto muito decorativo que forma fantásticas cercas vivas de diferentes alturas. Além disso, ele é uma espécie bastante resistente à seca.

Sobre o Louro

O Louro é uma árvore perene e densa que pode atingir mais de 10 metros de altura. Ele pertence à família Lauraceae e seu nome científico é Laurus nobilis.

As folhas têm cerca de 6 a 12 cm, podem ser lisas ou levemente onduladas. São coriáceas, com tom verde escuro.

As flores são amarelas e pequenas, mas tem um charme incrível. Além disso, seus frutos pretos são irresistíveis para os pássaros.

Contudo, por ser uma planta dioica, o Louro só dará frutos quando você tem mais de um arbusto. Isso porque as plantas dioicas tem as flores feminina e masculina em pés separados.

Como Cultivar Louro em Vasos

Primeiramente, saiba que o Louro gosta de sol e prefere ambientes não muito quentes. Ele suporta um pouco de sombra, porém, locais com baixa luminosidade podem retardar o seu desenvolvimento.

Escolha vasos grandes e profundos, mas de acordo com a muda e o espaço que você tem. O tamanho do vaso ajuda a limitar o crescimento da sua planta.

Além disso, evite ambientes com vento frio ou temperaturas abaixo de -5°C, típicas do inverno dos estados do sul do país. Nessa época, proteja o seu vaso de Louro movendo-o para um ambiente interno.

Rega e Substrato

Embora o louro não seja exigente quanto ao tipo de solo, ele se desenvolve melhor em vasos com substrato rico em nutrientes e com boa drenagem.

As regas devem ser frequentes em todo o período de crescimento e até que suas raízes estejam fortes. A partir daí diminua a rega para momentos em que o solo já estiver seco entre uma rega e outra. 

Adubo

O Louro cultivado em vaso precisa de uma fertilização mais intensa para garantir o crescimento saudável das raízes. Nesse sentido, fertilize ao menos uma vez ao mês sua planta envasada.

Sempre que replantar, a cada dois ou três anos, renove o substrato para garantir novos nutrientes para o desenvolvimento da planta.

Misture adubo no substrato do Louro desde o primeiro envasamento e faça a fertilização com adubo padrão, NPK, mensalmente. Utilize o Bokashi para conseguir melhores resultados de crescimento, além de nutrientes mais eficazes.

Como Fazer Mudas de Louro

Embora demore um pouco para enraizar, o Louro pode ser propagado por estacas. Procure várias estacas jovens, de aproximadamente 15 cm, que ainda não tenham uma aparência lenhosa.

Em seguida corte logo abaixo do nó da folha. Com as estacas em mãos retire todas as folhas da base. Pois é essa parte que será fincada na terra. Mas atenção, deixe as folhas do topo da estaca. Elas têm papel fundamental no enraizamento.

Agora, com um estilete bem higienizado, tire a casca da ponta do galho que vai ser enterrado no substrato.

Prepare um recipiente com substrato que contenha uma parte de húmus e uma parte de areia. Então enterre as estacas até a metade do comprimento.

Nos primeiros dois meses cubra a muda com um saco plástico transparente. Contudo ventile frequentemente para evitar o mofo.

Posicione o vaso em local quente e semissombreado. As regas não devem ser abundantes, mas precisam ser suficientes para manter a umidade do substrato.

Por outro lado, eles podem ser germinados através de sementes. Contudo esse é um processo bem lento e que merece algum conhecimento extra além de ambientes propícios para a germinação.

Colheita e Armazenamento das Folhas de Louro

Você pode fazer a colheita das folhas em qualquer época do ano, porém recomenda-se o a primavera e o outono. Nessa época, antes do florescimento, as folhas têm maior teor de óleos essenciais, o que torna seu sabor mais intenso.

As folhas colhidas podem ser usadas tanto frescas como secas. As folhas frescas embora tenham sabor mais amargo, tem o aroma mais forte.

Para secar as folhas de louro, espalhe-as sobre um papel toalha em uma assadeira e deixe-as em local arejado, sombreado e quente. Depois de duas semanas, vire as folhas e deixe por mais uma semana.

Evite a luz solar direta na secagem, pois ela faz com que as folhas percam o aroma e também algumas propriedades. 

Enfim, elas estarão prontas para armazenamento após essas 3 semanas. Coloque-as em potes herméticos fechados.

Veja Também:

Gostou desse artigo sobre como cultivar louro em vasos? Deixe suas estrelinhas abaixo e então, compartilhe com quem você sabe que também gosta de plantas. Logo depois, aproveite para ler nossos outros posts do Blog. Além disso, dê uma olhada na parte de decoração e receitas.

4.9/5 - (16 votes)

Deixe um comentário