Como Cultivar Samambaia Em Casa E No Jardim: Dicas Preciosas

Samambaia Língua-Cervina

As Samambaias vivem em florestas tropicais e às margens de riachos, fendas e rochas. Elas preferem locais sombreados, com algumas poucas exceções. Bastante cultivadas em ambientes internos, elas também são muito populares como cobertura de solo. Conheça, logo abaixo, algumas dicas de como cultivar Samambaia tanto em vasos como em jardins.

Como cultivar Samambaia

Existem no mundo cerca de 11 mil espécies de Samambaias, a maioria delas nativas dos trópicos. Elas não florescem e suas formas de vida vão desde espécies aquáticas até samambaias arbóreas com mais de 10 metros de altura. A Samambaia Gigante (Angiopteris evecta), por exemplo, possui folhas enormes que podem atingir cerca de 8 metros.

A grande maioria das samambaias têm manutenção muito simples, e não esperam nem mesmo ser adubadas, pois estão entre as plantas mais antigas do planeta. Apreciam locais quentes e úmidos, e desde que você ofereça um ambiente que a agrade, podem viver por muitos e muitos anos.

Onde plantar a Samambaia

No cultivo em jardins ao ar livre, procure locais protegidos do sol do meio dia e com sombra clara. Dessa forma, espécies como a Asplenium trichomanes e a Asplenium Azoricum gostam de cantinhos em meio às pedras do jardim.

Por outro lado, dentro de casa ou nas varandas, deixe-as o mais próximo possível das janelas pois gostam de ficar em locais com luminosidade abundante. Assim, espécies como Asplenium e Blechnum aceitam bem o cultivo em vasos.

Elas não precisam de podas e quando suas folhas caem no jardim, deixá-las no chão pode servir como material decomposto ajudando como novo húmus.

O substrato correto

Um substrato rico em matéria orgânica ou húmus e bem drenado será perfeito para o cultivo da samambaia. Tente manter a umidade do solo, porém sem alagamento.

Em ambientes de vaso, é mais fácil controlar a saúde do substrato adicionando um pouco de terra vegetal apropriada.

A Samambaia Renda-portuguesa (Davalia fejeensis) é uma espécie que só sobrevive em substrato umedecido. Por causa disso, se você quer ter sucesso com seu cultivo, evite ar seco e correntes de ar. Seu cultivo em locais como banheiros bem iluminados, por exemplo, são muito comuns.

Quando sua samambaia estiver no jardim, posicione-a em locais que não sejam castigados pelo sol e ao mesmo tempo com solo mais rico em materiais orgânicos.

Regas

Como já falamos anteriormente, as samambaias gostam da umidade do ambiente em que vivem, dessa forma as regas devem ser regulares. Borrifadas, ou névoa de água são bem vindas em épocas de muito calor e estações de maior seca. Por exemplo, a Asplenium scolopendrium, também chamada de Língua-cervina, que é muito cultivada em vasos, gosta de receber regas constantes e estar em substrato sempre úmido.

Fertilização

As Samambaias são sensíveis ao excesso de fertilizantes, então se optar por adubar a planta, use sempre a metade da quantidade indicada na embalagem. Caso contrário, as folhas podem ficar queimadas e o crescimento da planta prejudicado.

Borrifar as folhas das Samambaias com leite diluído em água, protege a planta de fungos, além de torná-la mais resistente. Prepare 100 ml de leite para meio litro de água.

Veja também:

Como Decorar com Plantas a sua Casa: Dicas para Todos os Cantos

Tudo que Você Precisa Saber Sobre o Lírio da Paz Antes de Ter Um

9 Plantas para Varanda com Sombra

Plantas para Jardins Sombreados que Ficam Encantadoras Juntas

5 Plantas Para Apartamentos Que Você Vai Amar

Gostou das dicas de como cultivar Samambaia? Conte abaixo quais hortaliças você cultiva em casa e logo depois aproveite e compartilhe com seus amigos. E então, deixe suas estrelinhas abaixo. Em seguida dê uma olhada nos outros artigos sobre plantas e decoração.

5/5 - (2 votes)

Deixe um comentário