Samambaia Trepadeira Ou Stenochlaena Tenuifolia: Veja Dicas De Cultivo

Samambaia trepadeira
Foto reprodução: growerjim.blogspot.com

A Samambaia trepadeira é uma espécie exuberante, grande e versátil que se adapta a várias condições de ambiente. Embora seja uma planta com folhas verdes lindíssimas, que aceita tanto sombra como sol, ela ainda é pouco conhecida no Brasil.

Sobre a Samambaia Trepadeira

Nativa da África, Malásia e Polinésia, pertence à família Blechnaceae. Seu nome científico é Stenochlaena tenuifolia e recebeu o nome popular de Samambaia trepadeira.

É uma samambaia grande. Ela cresce em florestas costeiras pantanosas ou não, em seu habitat de origem. Ela se propaga muito facilmente como planta de cobertura de solo, cobrindo bem rápido grandes áreas.

Além disso, a Samambaia trepadeira possui características epífitas. Ou seja, usa outras espécies como suporte para o seu progresso, porém sem que ocorra parasitismo.

Em alguns países, a extração da sua seiva serve como planta medicinal. Aliás, ela também é uma PANC (planta alimentícia não convencional). Sendo comum o consumo das suas folhas jovens em países como Madagascar.

Ela é rizomatosa com folhas verdes brilhantes longas, coriáceas e pinadas que atingem cerca de 180 cm. As bordas são levemente serrilhadas. E assim como todas as samambaias, ela não floresce.

Assunto Relacionado: Como Cultivar Samambaia Em Casa E No Jardim: Dicas Preciosas

Como Cuidar da Samambaia Trepadeira

Assim como em seu habitat normal, a Samambaia trepadeira evolui muito bem à sombra de outras árvores. Nesse sentido, é excelente sua utilização como cobertura e forração de solo no jardim.

Ademais, é uma espécie que aceita o cultivo tanto em vasos e jardineiras, como também em vasos suspensos onde suas folhas ficarão pendentes.

Porém, como é uma planta grande, deve-se preparar um suporte nos vasos para que a Samambaia trepadeira possa se apoiar.

E embora prefira os ambientes de sombra, adequa-se ao cultivo à meia-sombra e ao sol, com solo que esteja umedecido a maior parte do tempo.

Apesar de ser uma planta rústica e firme, ela não se adapta bem ao frio. Desse modo, o melhor é cultivá-la em regiões de clima tropical.

Dessa forma, as regas devem ser frequentes e o ambiente úmido.

A Stenochlaena tenuifolia  se propaga mais fácil por divisão de rizomas, no formato de estacas. Contudo, algumas de suas folhas produzem esporos pelos quais se multiplica.

Veja Também:

Gostou desse artigo sobre a Samambaia trepadeira? Deixe suas estrelinhas abaixo e então, compartilhe com quem você sabe que também gosta de plantas. Logo depois, aproveite para ler nossos outros posts do Blog. Além disso, dê uma olhada na parte de decoração e receitas.

4.9/5 - (9 votes)

Deixe um comentário