Oxalis Triangularis Ou Falso Trevo: Conheça Todos Os Cuidados

oxalis triangularis

O Falso trevo é uma planta comumente utilizada como ornamental, devido à beleza e delicadeza de suas folhas e flores. Além disso, ele floresce e frutifica no final do ano, com lindas e pequeninas flores brancas. Conheça as formas de cultivo do Oxalis triangularis e aprenda todos os cuidados.

Sobre o Oxalis Triangularis

Nativo da América do Sul (Argentina, Paraguai, Bolívia e Brasil), o Oxalis triangularis está representado por cerca de 100 espécies, presentes nos estados do Brasil da região Sul e Sudeste, exceto Espírito Santo. Abrange áreas da Mata Atlântica, Pampa e Cerrado

O Oxalis triangularis pertence à família Oxalidaceae, a qual é composta por mais de 500 espécies. Ele é comumente confundido com Oxalis latifolia por causa de suas folhas, se diferenciando pelo sistema bulboso desta.

O Oxalis triangularis é uma erva que alcança cerca de 25 centímetros de altura, ereta, com caule subterrâneo rizomatoso. Suas folhas triangulares achatadas surgem no ápice das hastes. Elas florescem de novembro a maio em cores brancas.

A subespécie Oxalis triangularis papilionacea possui as pétalas das flores em tom de rosa a lilás, além de ser uma planta mais robusta do que a subespécie típica.

Oxalis triangularis papilionacea
Oxalis triangularis papilionacea

Embora seja uma planta comestível, o nome Oxalis vem do composto orgânico ácido oxálico, que é encontrado nas suas folhas e caules. Pessoas sensíveis podem sofrer reações alérgicas quando da ingestão da planta.

Como Cuidar do Oxalis Triangularis ou Falso Trevo

Eles gostam de muita luminosidade, e embora a luz indireta brilhante seja muito boa, é preciso algumas horas de sol, ao menos no início ou fim de tarde.

O cultivo dentro de casa pode causar o fototropismo, ou seja, o crescimento da planta em direção ao estímulo da luz. Dessa forma, se escolher cultivar a sua planta em ambiente interno, escolha um local que tenha meia sombra.

Cultive em substrato leve e bem drenado, rico em material orgânico que permita o completo escoamento da água da rega.

Assunto Relacionado: O Que Significa Um Substrato Bem Drenado: Confira!

Se você adquiriu uma planta jovem, as regas devem ser mais constantes de modo a manter a umidade no substrato, nunca deixando secar completamente.

Após o período de crescimento, deixe a planta descansar, oferecendo bem menos quantidade de água. Dessa forma, o solo não fica encharcado e evita-se o apodrecimento das raízes.

Os sinais de excesso de água incluem folhas amareladas e interrupção do crescimento. Por outro lado, a falta de água causa a queda das folhas e o crescimento atrofiado da planta.

Fertilização

A fertilização deve ser feita a cada quatro regas durante o período em que a planta está em crescimento. Logo depois, reduza o número de adubação para cada seis regas. Além disso, é bom interromper a aplicação de adubo no período do inverno.

Lembrando que as plantas em vasos, devem receber uma quantidade de adubo menor do que a indicação da embalagem do produto. Dessa forma, não corre-se o risco de sobrecarregar as raízes.

Veja Também:

Gostou desse artigo sobre o Oxalis triangularis ou Falso Trevo? Deixe suas estrelinhas abaixo e então, compartilhe com quem você sabe que também gosta de plantas. Logo depois, aproveite para ler nossos outros posts do Blog. Além disso, dê uma olhada na parte de decoração e receitas.

4.8/5 - (13 votes)

Deixe um comentário