Comprando uma Sansevieria Cilíndrica: Como Escolher a Planta Certa?

Sansevieria cilíndrica

Muitas dúvidas surgem quando levamos uma planta nova para casa. No caso da Sansevieria Cilíndrica não é diferente. Vamos ver algumas dicas básicas que valem também para toda a família da Sansevieria. Por exemplo, Espada-de-São-Jorge, Lança-de-São-Jorge, Jorge-Prata, Jorge-Planta, Trifasciata, Zeylanica e outras tantas.

Como Escolher a Sansevieria Cilíndrica na Flora

Alguns cuidados devem ser observados na hora de levar sua planta para casa. Assim, você garante uma planta mais forte e que pode gerar mudas saudáveis.

Desse modo, veja as dicas abaixo:

Evite as flores

Quando a Sansevieria Cilíndrica está florida ela concentra sua força nas flores. Logo depois de florescer existe um declínio natural da planta. Diante disso, mais o stress da mudança de local e luminosidade, são fatores que podem prejudicar na adaptação.

Ainda mais, qualquer mancha estranha nas folhas verdes pode significar problemas nas raízes.

Cores desbotadas

A Sansevieria que apresenta folhes opacas ou desbotadas, provavelmente estava recebendo muito sol. Isso faz com que a superfície cerosa que protege as folhas se quebre e elas perdem um pouco a rigidez.

Logo, se você tem várias plantas para escolher, vá naquela que tem as cores mais brilhantes e a superfície mais espessa.

Raízes saudáveis

Nem sempre é possível, porém se puder, retire a planta do vaso e verifique as raízes. Elas devem estar com aspecto claro, sem manchas escuras e com sem sinais de podridão.

Não replante imediatamente

Já com sua planta nova em casa, espere um pouco para o replante. Sendo assim, se você comprou um Sansevieria Cilíndrica agora, espere pelo menos um ano antes de replantá-la.

Elas gostam de ter as raízes ocupando todo o pote. Então não há necessidade de trocar o vaso antes que você perceba as raízes forçando as laterais do pote ou salientes para cima do substrato.

Cuidados com o replantio da Sansevieria Cilíndrica

Ao mudar o vaso, escolha um que seja somente um pouco maior que o anterior.

Visto que, um vaso muito maior, apesar de fazer com que elas cresçam mais rápido, fará com que a grande quantidade de substrato fique úmido por longo tempo. Isso não é bom para as raízes.

Para ter uma planta em constante crescimento, é suficiente que você troque anualmente a Sansevieria cilíndrica para um vaso maior.

Suas raízes emitem novos brotos e quando você oferece um vaso maior, com mais espaço, esses mesmos brotos emitem novos rizomas. Dessa forma a planta vai se tornando mais cheia e volumosa.

Veja Também:

Suculenta Aloe Aristata: Como Cuidar Dessa Maravilha

Plantas para Jardins Sombreados que Ficam Encantadoras Juntas

Agave Azul: Tenha em Casa a Planta da Tequila

Gostou das dicas? Então, deixe seu comentário abaixo e marque suas estrelinhas. Além disso, compartilhe com alguém que também gosta de Sansevierias. Em seguida, leia nossos outros artigos sobre plantas.

4.9/5 - (29 votes)

Deixe um comentário