Veja Dicas Para Os Temperos Em Vasos Crescerem Melhor

Temperos em vasos

A jardinagem amadora tem aumentado a cada ano e o número de pessoas fazendo pequenas hortas em apartamentos é cada vez mais expressivo. Se você deseja cultivar ervas de especiarias, saiba que algumas ficam tão bem plantadas em vasos quanto no jardim. Com algumas dicas fica muito simples cultivar e manter seus temperos em vasos.

Uma das maiores vantagens de se plantar ervas em vasos é que elas são facilmente movidas para um peitoril de janela em busca do sol. Além disso, belos vasos com ervas embelezam aquele cantinho da cozinha ou da varanda e ainda servem para fornecer temperos frescos e orgânicos.

Temperos em Vasos

Um fator importante no cultivo de ervas ou temperos em vasos é a disponibilidade de luz. Existem algumas espécies de ervas que são mais resistentes que a maioria e não gostam muito de luz direta do sol. O agrião, o coentro vietnamita e o cardamomo são por exemplo espécies que se adaptam bem em ambientes apenas claros. Ou seja, elas podem tolerar a sombra e são igualmente simples de cultivar em vasos, como se estivessem em jardins.

Assunto Relacionado: Ervas Para Você Cultivar na Sombra

Outro ponto importante é o tamanho e tipo do vaso. Se você ainda não pesquisou sobre as ervas que você comprou a hora é agora. Algumas espécies podem conviver bem em comunidade, outras preferem ficar sozinhas no vaso. Ou porque roubam nutrientes, ou então tem raízes agressivas que crescem demais e acabam por sufocar a planta vizinha.

Um bom exemplo disso são as hortelãs, pois suas raízes acabam invadindo o espaço da planta vizinha na disputa por nutrientes.

A variedade de temperos que podem ser cultivados em vasos é enorme, e um bom exercício para o paladar é buscar algumas espécies que você provavelmente ainda não conhece. A abundância de aromas e sabores é enorme e tem algo para todos os gostos.

Como Cuidar das Ervas e Temperos em Vasos

Embora as plantas cultivadas em vasos sequem com maior rapidez do que as que são cultivadas no solo, ao cuidar dos temperos em vasos, cuide para que eles não fiquem muito úmidos. É muito provável que você tenha que regar todos os dias. Nesse sentido, é sempre bom lembrar que os vasos devem ter orifícios para escorrer a água da rega.

Se você quiser usar aquele cachepot lindo que comprou e combina com o resto da decoração, ok, sem problemas. Desde que você retire a água acumulada depois de algum tempo após a rega. Ervas como o alecrim e o tomilho não toleram o excesso de umidade.

O substrato deve ser solto e leve com a finalidade de permitir a fácil drenagem da água.

A luminosidade vai fazer toda a diferença no sucesso da maioria das ervas que você cultiva nos vasos em casa. Elas são em sua maioria ervas de sol pleno ou meia-sombra. Assim, escolha locais sempre perto das janelas ou pontos de luz que tenham ao menos 4 horas de sol diário.

Sempre faça podas nas ervas que você está cultivando, pois isso vai mantê-las cheias e volumosas. Se você não está dando conta de consumir toda a sua produção, distribua para amigos e familiares. Ou então, coloque as ervas para secar e armazene para consumir como temperos secos e chás. Leia sobre como secar as ervas nesse link a seguir.

Assunto Relacionado: Como Fazer Ervas Secas Em Casa Utilizando Um Método Natural

Quanto à adubação, pode ser feita uma ou duas vezes ao mês. Ofereça o adubo sempre com a planta hidratada para evitar a sobrecarga das raízes. Adubos líquidos devem ser diluídos na água e se possível, prefira os adubos orgânicos.

Veja Também:

Gostou desse artigo sobre dicas de temperos em vaso? Deixe suas estrelinhas abaixo e então, compartilhe com quem você sabe que também gosta de plantas. Logo depois, aproveite para ler nossos outros posts do Blog. Além disso, dê uma olhada na parte de decoração e receitas.

4.9/5 - (18 votes)

Deixe um comentário