Aglaonema-Vermelha: Folhas Exuberantes Para Sombra

folhas vermelhas salpicadas de verde da Aglaonema-vermelha

A Aglaonema-vermelha é uma planta extremamente vistosa, com folhas coloridas em tons de verde, creme e principalmente vermelho. Se você tem um espaço na sua casa com uma luminosidade um pouco menor, talvez esse lugar seja o certo para uma Aglaonema.

Elas são plantas muito rústicas e se adaptam muito bem ao cultivo dentro de casa. Claramente, o local não deve ser escuro, mas pode sim ser um pouco afastado da incidência de luz natural que vem das janelas e varandas.

Sobre a Aglaonema-Vermelha

As Aglaonemas são originárias do sul da China e seu crescimento se estende até as florestas tropicais da Indonésia. É um grupo que engloba mais de 55 espécies, além dos cultivares híbridos.

A Aglaonema-vermelha tem origem provavelmente do cruzamento entre a A. brevispathum e A. ‘Cauang’.

A origem do nome Aglaonema vem do greco e significa algo como “fio magnífico”.

A Aglaonema-vermelha pertence à família Araceae, com mais de 500 espécies nativas do Brasil. Você provavelmente já conhece algumas, como por exemplo os antúrios e os filodendros.

As folhas da Aglaonema-vermelha são caracterizadas por um pecíolo verde com cerca de 7 a 12 cm de comprimento. Possuem uma nervura central saliente na parte inferior e rebaixada na face superior. São um pouco rugosas e tem belos padrões de listras e manchas em cores verde, amarelo, creme e vermelho.

A Inflorescência surge em tom verde-claro, em formato de uma espata fina e seu espádice é mais longo.

flor da aglaonema-vermelha ou aglaonema-red

Como Cuidar da Aglaonema-Vermelha

Os cuidados com a Aglaonema-vermelha são muito simples principalmente para quem não dispõe de muito tempo para cuidar das plantas. Isso se deve ao fato de a Aglaonema ser uma planta tolerante à falta de água e que se adapta bem à sombra. Veja mais detalhes a seguir.

Luz e Temperatura

Evite o sol forte, pois a Aglaonema-vermelha prefere locais sombreados ou semissombreados tanto no jardim como dentro de casa.

Se você mora em apartamento, as varandas podem ser um local perfeito, desde que sejam livres de correntes de ar e as temperaturas no inverno não sejam baixas. Esse é um dos pontos sensíveis da Aglaonema, ela não tolera o frio. Temperaturas abaixo de 18° C já são consideradas prejudiciais para ela.

O cultivo em ambiente interno é bem vindo desde que não tenha ar-condicionado no cômodo, pois é uma planta que, embora suporte um período sem água, ela não gosta do ar seco.

Rega e Substrato

A Aglaonema-vermelha não é muito exigente quanto à rega. Abuse da dica de regar somente quando o substrato ou o solo já estiverem secos. No verão é comum fazer regas mais frequentes para que a planta não sofra com o calor. Pelo contrário, em períodos com alta umidade do ar e em épocas de chuva e no inverno, diminua a quantidade de rega para evitar que as raízes fiquem encharcadas.

Fazer o teste enfiando os dedos no substrato é indiscutivelmente a melhor forma de não errar. Além disso, se o vaso for maior, vale levantar para experimentar o peso e verificar se ainda resta água no fundo.

Escolha um substrato mais solto e rico em material orgânico. Além disso, que tenha uma boa drenagem para evitar alagamentos no vaso.

Adubo

O uso de fertilizantes vai melhorar a aparência da sua Aglaonema-vermelha além de repor todos os nutrientes que ela precisa. Se optar pelos fertilizantes líquidos, eles podem ser acrescentados a cada duas ou três semanas.

O adubo granular de longo prazo pode ser oferecido a cada dois meses.

Para saber um pouco mais sobre as Aglaonemas, veja aqui esse outro artigo que escrevemos anteriormente.

Veja Também:

Gostou das dicas sobre a Aglaonema-vermelha? Compartilhe com alguém que você conhece que também gosta de folhas exuberantes na sua coleção. Logo depois deixe suas estrelinhas a seguir.

5/5 - (14 votes)

Deixe um comentário