Alocasia Cuprea, Conheça Todos Os Cuidados

Alocasia cuprea

É uma folhagem diferente que, como o próprio nome sugere, possui tons de prata. É uma espécie nada fácil de encontrar, mas que ganha cada vez mais jardineiros interessados. Se você também ficou impactado com a exuberância e as cores inusitadas da Alocasia Cuprea, veja todos os cuidados para você ter uma delas na sua casa ou apartamento.

Sobre a Alocasia Cuprea

Nativa das florestas tropicais asiáticas e endêmicas da ilha do Bornéu, a Alocasia cuprea foi documentada oficialmente pela primeira vez em 1861. Recebe o nome popular de planta Pulmão-de-aço.

É da família Araceae, e assim como as outras plantas da mesma família, apresenta toxicidade por causa da presença de cristais de oxalato. Desse modo, a ingestão de qualquer parte da planta pode causar náuseas e vômitos.

As folhas surgem de longas hastes finas e são arredondadas nas bordas e pontiagudas na sua extremidade. As cores metálicas da folha e o verso vermelho são tão brilhantes que parecem plástico.  

Tem flores em espádice esbranquiçado envolto por uma bráctea (folha modificada) branca, muito parecida com o Lírio da Paz. Após a floração surgem bagas avermelhadas.

Assunto Relacionado: Tudo que Você Precisa Saber Sobre o Lírio da Paz Antes de Ter Um

Cuidados com a Alocasia Cuprea

Embora seja uma planta que cative ao primeiro olhar, ela é mais difícil de cuidar do que outras plantas. Isso porque além de exigir um alto índice de umidade elas precisam de um local sombreado na medida certa dentro de casa. Além disso, viram alvo fácil de ácaros e cochonilhas se estiverem em desequilíbrio.

Mas não desanime, pois são os cuidados certos que farão sua planta crescer e se desenvolver esplendidamente.

Temperatura e Umidade

 A Alocasia cuprea prefere temperaturas entre 12°C e 30°C, podendo ser cultivada tanto em área externas quanto internas. Contudo, em ambientes ao ar livre, escolha locais protegidos da luz solar direta, principalmente em regiões de maior calor para evitar queimadura nas folhas.

Nesse sentido, é uma espécie que se adequa muito bem como planta de sombra total, crescendo e se desenvolvendo dentro de apartamentos e casas, desde que você ofereça um local com boa iluminação indireta.

Embora aceitem a sombra, a situação ideal para a Alocasia cuprea é uma janela que dispõe de sol fraco durante uma ou duas horas do dia.

As folhas da Alocasia cuprea buscam a frequentemente a luminosidade, assim, posicione o vaso da Alocasia Cuprea no chão e evite lugares altos, onde a luz não esteja disponível por cima, como estantes por exemplo. Isso evita que sua planta fique com as hastes arqueadas.

Outro fator importante na eficiência da captação de luminosidade é manter as folhas sempre limpas e livres de poeira. Use um pano umedecido ou lave sua planta diretamente na água corrente.

Para ajudar a manter a umidade ao redor da planta, algumas dicas são úteis. Por exemplo, se você mora em regiões muito quentes do país, use um umidificador próximo à planta.

Agrupar várias plantas em um mesmo ambiente também aumenta o nível de umidade.

Borrifar as folhas da Alocasia Cuprea faz com que elas se refresquem por alguns momentos, porém não garante a umidade constante que a planta precisa.

Substrato e Rega

O substrato deve ser rico em material orgânico, solto e aerado. Utilize elementos que ajudem a manter a umidade do solo. Além disso, faça uma cobertura com casca de pinus por exemplo, que mantém o solo umedecido por mais tempo.

As regas precisam ser mantidas regulares, cuidando para que o substrato esteja sempre úmido, porém não encharcado. Uma maneira simples para orientação é esperar que os primeiros centímetros da parte superior do substrato seque antes de regar novamente.

Ao mesmo tempo, fique atento aos períodos chuvosos, quando a umidade do ar é maior. Assim, diminua as regas nesses períodos para evitar a sobrecarga das raízes.

Ademais, no inverno a Alocasia cuprea entra em um pequeno período de dormência por causa do frio. Nesse meio tempo, a planta interrompe seu crescimento, sendo importante diminuir as regas e não adubar.

Quando as temperaturas voltarem a subir, retome os cuidados de rega e adubação.

Fertilização

Durante a primavera e o verão, a cada três ou quatro semanas, use adubo orgânico ou inorgânico de sua preferência. Húmus de minhoca e esterco curtido são excelentes.

Sempre verifique as instruções da embalagem antes de administrar o adubo em sua planta. O excesso pode causar problemas como a interrupção do crescimento e a queimadura das folhas.

Assunto Relacionado: Como Funcionam os Fertilizantes? Conheça Todos os Nutrientes

Replantio e Podas

A mudança de vaso só é necessária quando as raízes já estiverem ocupando todo o recipiente. O melhor é adiar o máximo possível a fim de evitar traumas na planta.

Quando fizer o replantio, aproveite para verificar a saúde das raízes e retirar possíveis pedaços que estejam escurecidos ou com aparência de podridão.

Faça podas apenas em folhas amarelas e antigas. Lembrando de utilizar ferramentas limpas que reduzem a chance de contaminação da planta.

Assunto Relacionado: Quando e Porquê Replantar Suas Plantas de Dentro de Casa

Problemas com a Alocasia Cuprea

Folhas amarelas são comuns a vários fatores ruins ou apenas um envelhecimento natural. Dessa forma, fique atento a alguns pontos que podem prejudicar sua planta e causar o amarelamento das folhas.

Por exemplo, o excesso de rega causa o encharcamento do solo que apodrece as raízes e consequentemente deixa as folhas amarelas. Outra razão de amarelamento das folhas são dois extremos, o excesso de sol ou ainda a falta de luminosidade dentro de casa. Além disso, a demora na fertilização causa deficiência nutricional da planta, deixando suas folhas amarelas.

Folhas murchas ou pontas escurecidas indicam baixa umidade e falta de água. A seca confunde sua planta e ela pode entrar em período de dormência antes da hora, o que causa atrofiamento, folhas amarelas e murchas.

Sinais de mofo podem ocorrer quando existem problemas nas raízes. Retire a planta do vaso e verifique o que pode ser salvo.

Enfim, a Alocasia cuprea é uma planta que atrai olhares em qualquer ambiente pela sua beleza e singularidade. Pesquisar e conhecer mais sobre a espécie que você quer cultivar além de boas experiências geram plantas saudáveis.

Gostou desse artigo sobre a Alocasia Cuprea? Deixe suas estrelinhas abaixo e então, compartilhe com quem você sabe que também gosta de plantas. Logo depois, aproveite para ler nossos outros posts do Blog. Além disso, dê uma olhada na parte de decoração e receitas.

4.8/5 - (12 votes)

Deixe um comentário