Saiba Como Cultivar O Coqueiro Do Coco-Anão Em Vasos

Coco-anão plantado em vaso de cerâmica nas mão de uma pessoa com luvas amarelas

Coqueiros são lindos na natureza e levar uma muda de Coco-anão para dentro de casa pode ser uma tarefa não tão simples. Jardineiros iniciantes talvez prefiram começar com espécies mais comuns. Mas se está decidido a ter um ambiente que lembra praia na sua casa, continue a leitura!

O Coco-anão tem o nome científico de Cocos nucifera, e é conhecido popularmente por outros nomes como Coco-da-baía, Coqueiro-anão, Coco-da-praia ou simplesmente Coco.

Sobre o Coco-Anão

Embora cresça espontaneamente no litoral brasileiro, desde a Bahia até o Maranhão, o Cocos nucifera é nativo do Sudeste Asiático, mais especificamente da Malásia, Filipinas e Indonésia. Pertence à família Arecaceae a mesma da Palmeira Rafis (Raphis excelsa) e do Imburi (Allagoptera campestris).

Ele é uma palmeira de estipe (caule) solitário que atinge cerca de 30 metros de altura em ambiente externo.

As folhas podem chegar a 6 metros de comprimento, são pinadas, ou seja, seus folíolos partem da raque, com uma pena.

A inflorescência surge em cachos pendentes e com flores amareladas ou brancas femininas e masculinas.

O Coco-anão é uma planta cultivada em todo o mundo e dentre as palmeiras é a de maior importância econômica devido a utilização de todas as suas partes. A Flora do Brasil faz um excelente resumo sobre o uso e produtos derivados do Cocos nucifera:

"O fruto, principal produto comercial, é cultivado em diversos locais tendo o ponto de colheita estabelecido pelo mercado. O coco verde é colhido e comercializado inteiro para o consumo da água in natura ou a água-de-coco é extraída e envasada industrialmente. O coco seco, colhido maduro, já com albúmen sólido, é comercializado in natura para diversas aplicações culinárias ou destinado à indústria para processamento de coco ralado, leite-de-coco, óleo de coco e outros. As fibras do mesocarpo são usadas pela indústria têxtil para fabricação de cordas, capachos, esteiras e outros ou aplicadas como substrato para mudas e orquídeas. O endocarpo é utilizado para fabricação de utensílios diversos, biojóias ou carvão. A palmeira é amplamente utilizada como ornamental."

Crescimento do Coco-anão

O Coco-anão tem um crescimento relativamente lento. Na natureza, eles amadurecem e então em média de 4 a 5 anos começam sua produção de frutos. Ainda assim, após o ápice da produção, os coqueiros ainda vivem por décadas.

Em contraste com seu vigor ao ar livre, quando tentamos cultivar um tronco de coqueiro dentro de casa, sem sol direto, devemos saber que sua vida será curta. Além disso, seu crescimento será bastante lento, e eles permanecerão com um porte pequeno. Na grande maioria dos casos, não haverá produção de frutos.

Inflorescência do coco-anão à esquerda e frutos à direita
Inflorescência do Coco-anão

Luz e Temperatura

Antes de tudo, as chances de ter sucesso com o cultivo do coqueiro dentro de casa está diretamente ligada a quantidade de sol. Em vista disso, considere escolher uma boa localização em casa com o objetivo de sempre estar em contato com sol.

O Coco-anão cresce e se fortalece a temperaturas de no mínimo 20° Celsius. Se formos levar em consideração o plantio do Coco para produção de frutos, a temperatura ideal indicada pelos agricultores é entre 25° e 30° C.

Seja como for, o nosso objetivo aqui é apenas ornamental e não de produção de frutos. Sendo assim, a temperatura pode variar um pouco mais para baixo. Contudo locais com temperaturas abaixo de 15° não são recomendadas.

Assunto Relacionado: 5 Tipos De Palmeira Butiá Nativas do Brasil

Rega e Substrato

Em contrapartida, o Coco-anão não tem lá muitas exigências em relação ao solo. Escolha uma mistura arenosa leve e rica em matéria orgânica.

Faça uma camada de drenagem com pedras ou argila expandida para garantir que as raízes fiquem livre de encharcamento.

Esteja atento para a boa aeração de forma que as raízes não fiquem sufocadas. Acrescente ao vaso uma cobertura de pedaços de madeira para garantir a umidade.

Desde que observe a boa drenagem do vaso para escape do excesso de água, mantenha a rega regular durante toda a semana. O Coco-anão gosta de muita água.

Não deixe acontecer períodos de seca no seu Coqueiro Anão em vaso, isso pode prejudicar o desenvolvimento da sua planta.

Com a finalidade de garantir uma melhor umidade ao redor da palmeira coloque um prato com pedras ou argila expandida sob o vaso. Com o cuidado de sempre trocar a água para que seja limpa.

Assunto Relacionado: 7 Palmeiras Para Interiores: Veja As Espécies Mais Bonitas

Propagação do Coco-anão

Você pode ter uma muda de Coco-anão cultivando a partir de – adivinha- um coco.

Vamos falar sobre como fazer uma muda de Coco-anão aqui neste outro post.

Você vai ver que é simples fazer a propagação. Sugiro, inclusive que faça mais de uma muda ao mesmo tempo. Então, se não tiver espaço em casa para tantos coqueiros, presenteie!

Veja também:

Gostou deste artigo sobre o Coco-anão? Então aproveite para compartilhar com seus amigos e não esqueça de deixar o seu comentário. Acompanhe também os outros artigos sobre plantas. E se gosta de cozinhar veja as receitas com ingredientes do pomar e da horta.

4.8/5 - (15 votes)

Deixe um comentário