Kalanchoe Manginii: Suculenta Com Flores Vermelhas

Flor da Kalanchoe manginii

Se você já conhece a florida Kalanchoe, sabe que suas flores delicadas são coloridas e duradouras. A Kalanchoe manginii não tem a mesma diversidade de cores, no entanto elas surgem maravilhosas e pendentes em tons de vermelho.

Sobre a kalanchoe manginii

A Kalanchoe manginii é originária da ilha de Madagascar, na África e amplamente cultivada ao redor do mundo. Ela recebe o nome popular de Brinco-franjado, mas é mais comumente identificada por seu nome científico.

Ela cresce em ambientes de savana e florestas tropicais. A Kalanchoe manginii é capaz de suportar climas quentes e úmidos, e é comum encontrá-la crescendo em rochas ou em solos pedregosos.

Elas são suculentas assim como as outras espécies da mesma família, a Crassulaceae. Aqui no site já mencionamos sobre várias espécies pertencentes à essa mesma família. Por exemplo, veja sobre a Kalanchoe fedtschenkoi, também conhecida como Calanchoe Fantasma.

A K. manginii é uma herbácea perene, de caule curto, que cresce ereta com a extremidade erguida. Atinge cerca de 40 centímetros de altura.

Elas formam moitas e se tornam pendentes quando cultivadas em vaso. Suas folhas são carnosas e espessas.

A inflorescência surge naturalmente no outono e no inverno. As flores são vermelhas, e surgem na extremidade dos ramos em formato de panícula ou cachos. Quanto mais expostas diretamente à luz solar maior é sua resposta ao florescimento.

Flores vermelhas da Kalanchoe manginii na natureza e em vaso com fundo azul
Reprodução de imagem: socalplantdoll e ladynature02

Como Cuidar da Kalanchoe Manginii

A Kalanchoe manginii prefere sol pleno, mas também pode ser cultivada em ambientes internos onde tolera a luz indireta. É importante mantê-la em solo bem drenado e regá-la somente quando o solo estiver seco.

Luz e Temperatura

A Kalanchoe manginii se sente mais confortável em temperaturas entre 16 e 21°C, mas pode tolerar temperaturas altas e também um pouco mais baixas, de 10°C.

Em relação à luminosidade, é importante notar que a K. manginii precisa de muita luz para florescer, por isso é recomendável colocá-la em um local onde receba sol direto pela manhã ou à tarde.

No entanto, seu cultivo é muito comum em ambientes internos e bem iluminados. Assim, se você não puder fornecer luz solar direta, saiba que terá uma planta com uma profusão menor de flores.

Rega e Substrato

A Kalanchoe manginii é uma planta suculenta que se adaptou muito bem ao nosso país, suportando diferentes condições de clima e solo. No seu habitat natural, ela cresce em solos pobres e rochosos, e é capaz de armazenar água em suas folhas para sobreviver por períodos mais longos de seca.

Prefira um substrato rico em nutrientes e que seja o mais permeável possível. A rega depende sempre do tipo de clima predominante no local onde a planta é cultivada. Além disso, outros fatores como vento, calor e umidade também influenciam a necessidade ou não de rega. Dessa forma, ofereça água somente quando o solo já estiver seco.

Para conhecer alguns detalhes que fazem sua Kalanchoe florescer, veja esse outro artigo que publicamos anteriormente no site clicando aqui.

Veja Também:

Gostou das dicas de como cuidar da suculenta Kalanchoe? Compartilhe esse texto com alguém que também gosta de plantas com flores. Depois marque suas estrelinhas abaixo.

5/5 - (8 votes)

Deixe um comentário