A Brasileiríssima Clusia Fluminensis É Uma Planta Versátil E Volumosa

Clusia fluminensis

A Clusia fluminensis é brasileiríssima, típicas das florestas tropicais de restinga, nativas em todo o litoral, desde a Bahia até o Rio de Janeiro. A Clusia cresce rápido e pode ser cultivada também em vasos. Assim, vamos conhecer aqui todos os cuidados que você deve ter para conseguir Clúsias sempre saudáveis e lindas.

Sobre a Clusia Fluminensis

  • Nome Botânico: Clusia fluminensis
  • Outros Nomes: Mangue-da-praia, Abaneiro, Abano, Clúsia
  • Origem: Brasil
  • Família: Clusiaceae
  • Flor: branca
  • Luminosidade: sol pleno e meia-sombra

Cuidados com a Clusia Fluminensis

A Clúsia tem folhas verdes brilhantes, arredondadas e grossas e que crescem em profusão e dessa forma, formam lindas bordaduras e cercas vivas. Além disso, suas flores brancas são pequenas, surgem na primavera e no verão e ainda atraem as abelhas. Já os passarinhos gostam dos pequeninos frutos da Clusia fluminensis.

Gostam de solos úmidos, leves e férteis. Apesar de resistentes, para manter sua planta se desenvolvendo constantemente e saudável, ofereça adubação a cada dois meses. Sem podas, alcançam até 6 metros de altura.

A Clúsia é popularmente utilizada como cercas e bordaduras. Contudo, seu cultivo em vaso é promissor, pois formam lindas arvoretas e arbustos que, com podas direcionadas, criam plantas muito ramificadas e volumosas. Todavia, a Clúsia gosta de sol e precisa de pelo menos 4 horas de luz solar direta.

As regas devem ser frequentes de modo que mantenha o substrato sempre umedecido. Uma vez que é uma planta que está acostumada com ambientes que tem grande umidade, este detalhe se torna essencial para o seu desenvolvimento.

Pragas e Doenças

Ao passo que a Clúsia é uma planta que possui grande quantidade de tanino, na natureza, ela afasta e repele os tipos mais comuns de pragas e roedores. A saber, o tanino é um composto orgânico presente nas folhas, sementes e caules de várias espécies de plantas. Além disso, ele é largamente utilizado nos vinhos para garantir a acidez. Nesse sentido, a indústria farmacêutica também faz uso deste composto.

Falsa Seringueira: Tenha essa Árvore Deslumbrante na Sua Sala

Quer Uma Planta Fácil e de Sombra: Cultive a Aglaonema

Tipos de Peperomia Para Cultivar em Ambientes Internos. Escolha a Sua!

5 Dicas Rápidas Sobre a Zamioculca: Confira Se Você Já Conhece.

Conheça Aqui 7 Opções Incríveis De Planta Para Cerca Viva

Gostou das dicas sobre como cuidar da Clusia Fluminensis? Logo após terminar a leitura, conte abaixo se você cultiva em casa essa planta. Aproveite e compartilhe com seus amigos e então marque as estrelinhas abaixo.

4.9/5 - (7 votes)

Deixe um comentário