Como Fazer Substrato Caseiro Para A Maioria Das Plantas Internas

Como fazer substrato caseiro

Muitas dúvidas surgem quando o assunto é a preparação de substrato para as plantas. É bastante comum as pessoas confundirem substrato com terra. Além disso, existem muitas incertezas sobre os elementos que compõem um substrato. Mostraremos a seguir tudo que você precisa saber e também como fazer substrato caseiro para suas plantas.

O que é Substrato?

O substrato é o material sobre o qual um determinado organismo vive. Nesse sentido, a madeira, por exemplo, é o substrato no qual os fungos das árvores crescem.

Na bioquímica, em síntese, o substrato é referido como o meio nutriente que permite as funções das biomoléculas e do metabolismo dos organismos.

De acordo com o dicionário, o substrato é definido como “o que resta após uma transformação; resíduo, resto”.

Vamos simplificar tudo isso. Em outras palavras, o substrato pode ser definido como qualquer tipo de terreno fértil no qual todos os tipos de plantas crescem.

Sendo assim, dependendo da função e do tipo de aplicação, os substratos podem conter diversos elementos. Por exemplo, casca de arroz, argila, argila expandida, lascas de madeira, cascalho, barro, areia, fertilizante, solo de compostagem, casca de coco, vermiculita, turfa, carvão, pedras vulcânicas, argila, casca de castanhas, perlita, entre outros.

Como Fazer Substrato Caseiro

A princípio, um bom substrato para as plantas de casa deve atender alguns requisitos:

  • Ser leve e solto
  • Ter rápida absorção da água
  • Garantir o livre escoamento da água
  • Armazenar nutrientes
  • Ter um pH em torno de 6
  • Possuir uma estrutura estável de arejamento e circulação do ar

Naturalmente, cada planta tem seus requisitos particulares e que devem ser observados individualmente.

A seguir vamos ver uma receita que serve para a grande maioria das plantas da família Araceae.

Por que escolhemos a família Araceae? Porque é a família que agrupa um enorme número de plantas que podem ser cultivadas em ambientes internos. São cerca de 4000 espécies em todo o mundo e mais de 500 delas nativas do Brasil.

Você se lembra de algumas das plantas da família Araceae

Aglaonema (Café-de-Salão), Alocasia (Pulmão-de-Aço), Anthurium (Antúrio Cristal, Anthurium plowmanii, Antúrio Browni), Caladium (Tinhorão), Colocasia (Colocasia Esculenta), Dieffenbachia (Comigo-ninguém-pode), Epipremnum (Jiboia), Monstera (Costela de Adão), Philodendron (Filodendro Brasil),  Spathiphyllum (Lírio da Paz), Zamioculca.

Elementos para o Substrato Caseiro

Os elementos a seguir são mais comumente utilizados para fazer um substrato caseiro e podem ser encontrados com facilidade nas lojas de jardinagem. Embora sejam muitos, você não precisa utilizar todos na mesma mistura. Mais a frente colocamos uma receita ideal com as substituições que você pode fazer.

Casca de Pinus

A casca de pinus nada mais é do que pedaços grosseiros de madeira. Eles garantem a aeração do solo, evitando a compactação.

Além disso a casca de pinus em tamanho grande pode ser utilizada como cobertura para os vasos. Dessa forma, ela ajuda a manter a umidade dentro do vaso por mais tempo.

Fibra de Coco

A fibra de coco, assim como a casca de pinus, mantém o solo arejado e aumenta a capacidade de absorção de água e nutrientes.

Perlita

A perlita é um mineral vulcânico que serve para não deixar o substrato úmido por muito tempo. A perlita ajuda a melhorar a aeração e previne a compactação do solo. Além disso, ela mantém a temperatura do solo mais branda.

Areia Grossa

A areia é um poderoso elemento que não permite a compactação do solo. É importante usar areia de boa qualidade para evitar a contaminação por nematoides. Os nematoides são organismos que sugam os nutrientes das plantas causando sua destruição.

Carvão Ativado

O carvão garante sobretudo a filtragem das impurezas e poluentes do solo. Ele absorve o excesso de água e previne o mofo. Além disso, o carvão ativado diminui o pH do solo.

Esterco

O esterco é um material orgânico utilizado como fertilizante no solo. Eles são fonte de importantes nutrientes para as plantas.

Deve-se utilizar o esterco curtido, pronto para uso, para evitar o mau cheiro. Pode ser tanto o esterco de boi, cavalo, galinha ou coelho.

Húmus de Minhoca

O húmus de minhoca nada mais é que um tipo de esterco também, pois ele é a excreção do animal.  Assim, é um material orgânico que funciona como adubo e melhora a porosidade do substrato.

Terra de Jardim

Escolha uma terra de boa qualidade para que você complete a receita. Você encontra terra vegetal com facilmente nas floras e na seção de floricultura dos grandes mercados.

Receita de Substrato Caseiro para Plantas de Interior

Faça a quantidade de acordo com o que você precisa. Para facilitar escolha um recipiente o qual deve ser usado como medida para todos os elementos.

Vamos lá!

  • Uma parte de Casca de pinus ou fibra de coco
  • Uma parte de perlita ou areia
  • Meia parte de carvão ativado
  • Uma parte de húmus de minhoca ou outro esterco
  • Uma parte de terra de jardim

Misture bem todos os ingredientes e coloque nos vasos que vão receber cada espécie. Você perceberá um desenvolvimento rápido e saudável das suas plantas. Depois é só adubar periodicamente de acordo com as particularidades de cada espécie.

Certamente, a receita acima não é imutável. Por exemplo, se você é daquelas pessoas que gostam de regar pouco, poderá diminuir a quantidade de elementos que garantem uma secagem mais rápida do solo, como a perlita por exemplo.

Pelo contrário, os elementos serão diferentes se você tende a regar demais suas plantas.

Além disso, seja analítico e preste atenção ao ambiente que sua planta enfrenta. Se o clima é frio, muito quente, se tem vento, possui pouca ou muita umidade. Tudo isso influencia no procedimento de cuidados com a planta.

Veja Também:

Gostou desse artigo sobre como fazer substrato caseiro? Deixe suas estrelinhas abaixo e então, compartilhe com quem você sabe que também gosta de plantas. Logo depois, aproveite para ler nossos outros posts do Blog. Além disso, dê uma olhada na parte de decoração e receitas.

4.9/5 - (14 votes)

Deixe um comentário