Quais Tipos De Vasos De Plantas Devo Escolher?

tipos de vasos de plantas

Tendo em mente o estilo de decoração e arrumação das suas plantas, chegou a hora de tirar as ideias do papel e escolher os vasos. Mas, ainda assim vem a dúvida: quais tipos de vasos de plantas escolher?

Os vasos não são somente decorativos, eles podem influenciar diretamente no desenvolvimento da sua planta.

Existem características específicas que podem colaborar para o crescimento saudável da sua planta, entretanto, uma má escolha de vasos pode ter o efeito oposto.

O que considerar na hora de escolher os tipos de vasos de plantas

Tanto o material, assim como o tamanho, a quantidade de orifícios e o formato são fatores que devem ser observados na hora de decidir.

Plantas como os cactos, por exemplo, devem ser plantados em vasos de barro, que ajudam a absorver a água presente no substrato. Já as orquídeas preferem vasos vazados nas laterais que permitam que o ar circule entre as raízes. Plantas como as violetas têm a necessidade de vasos pequenos que sejam menores em tamanho que a copa da planta.

Materiais

Se as plantas ficam localizadas dentro de casa, não há muitos requisitos nesse sentido. Vasos tipo cachepôs são bastante comuns. Eles comportam vasos de plástico que possuem orifícios no fundo. O cuidado, nesse caso, é sobre a água que fica acumulada no fundo do cachepô. Algumas plantas gostam dessa umidade que se forma, porém outras podem adoecer.

Já em ambientes externos, utilize vasos que possam transpirar, eles ajudam a equilibrar a temperatura do ambiente das raízes. Além disso, os vasos para o exterior devem ser resistentes de modo que suportem tanto o sol quanto as chuvas.  Boas opções são vasos de cimento, terracota e cerâmica.

Drenagem

Esse é um dos fatores mais importantes no momento de escolher um vaso para sua planta. Certifique-se que os vasos tenham furos na parte inferior para drenagem do excesso de água.

Isso evita o acúmulo de água que pode causar diversos danos à sua planta, inclusive a morte dela. Também permite que as raízes não fiquem sobrecarregadas.

Tamanho

Como regra geral, é importante que o vaso tenha cerca de 15 cm na boca, a mais que as raízes da planta que pretende cultivar. Todavia, fique atento para não comprar um vaso muito grande, pois pode acabar por regar a mais a planta e suas raízes apodrecerem.

Porém, algumas plantas exigem vasos profundos, como por exemplo, no cultivo de hortaliças e vegetais, o pimentão, o pepino, a abóbora, o tomate e as cebolas.

Dessa forma, pesquise sobre a planta antes de comprar, isso vai ajudar no desenvolvimento.

Formato dos tipos de vasos para plantas

De acordo com a espécie, os formatos podem interferir no desenvolvimento das plantas. Assim, escolha vasos mais rasos e largos para espécies como suculentas, pois elas possuem raízes curtas.

Já para plantas de maior porte, escolha vasos resistentes e profundos. Pois algumas plantas têm raízes mais agressivas, como a Ficus Elastica por exemplo.

Considerando estas dicas, suas plantas terão um bom desenvolvimento. E isso, fará com que o ambiente seja cativante e prazeroso, colaborando para seu bem-estar. 

Confira 3 Plantas De Sombra De Tamanho Pequeno, Médio e Grande

Saiba Como Montar Um Jardim Pequeno Sem Gastar Muito

9 Ideias de Plantas Pendentes de Sombra Para Arrasar na Decoração

Quer Uma Planta Fácil e de Sombra: Cultive a Aglaonema

Como Fazer Muda de Violeta: Veja Dicas Preciosas

Gostou destas dicas? Aproveite para conhecer mais sobre plantas lendo os outros artigos do nosso blog. Além disso, deixe seu comentário logo abaixo. Logo após, compartilhe com alguém que também gosta de plantas. E então, deixe sua avaliação nas estrelinhas.

5/5 - (1 vote)

Deixe um comentário